• hAll

Chama-se anne cerâmica e é a nova marca de louças que tem de seguir no Instagram

Rita Caetano, de 27 anos, é formada em gestão e marketing, mas o gosto pelo universo das artes sempre esteve lá - e, por estes dias, mais forte do que nunca. No meio da tempestade que foi o primeiro confinamento de 2020, a jovem olhou à volta, lançou-se à procura de novos hobbies, puxou pela cabeça e deu-se aquele clique. Assim nasceu a anne cerâmica, uma marca de louças bem portuguesa que reinterpreta clássicos, através de detalhes contemporâneos e minimalistas.


"Sempre tive um gosto especial por artes plásticas. Aliás, as disciplinas que mais gostava na escola eram justamente aquelas relacionadas com artes visuais", começa por contar à hAll. Mais tarde, já durante a pandemia, "a rotina do teletrabalho e o facto de estar fechada entre quatro paredes durante bastante tempo fez-me procurar algo diferente para fazer". Uma coisa puxa a outra e "o facto de seguir várias marcas de decoração e artistas nas redes sociais e de viver na Ericeira que é, por si só, um lugar com tradição nas áreas do artesanato e da cerâmica, fez-me recordar os trabalhos manuais que fazia quando era mais pequena". A partir desse momento, o projeto arrancou mais à sério, mesmo que a marca continue, sobretudo, a ser um hobbie.


Já disponível online, a primeira linha da anne cerâmica é composta por peças entre os dois e os 10 euros. Rita começou por fazer objetos pequenos. Pratos, principalmente. Cada louça é feita à mão e sem recurso a moldes. "Esta é a forma que tenho de ser mais fiel ao meu processo criativo, uma vez que duas ideias nunca são iguais", considera.


Aos poucos, o objetivo é que o negócio cresça com recurso ao Instagram, onde a cerâmica portuguesa goza de popularidade crescente. No futuro, a criativa quer aumentar a oferta de peças utilitárias com cores mais quentes, inspiradas no verão, e de maiores dimensões. "Algumas jarras decorativas", diz.


O desafio da sustentabilidade também não está esquecido. O seu desejo é "reduzir ao máximo o

desperdício criado" com o projeto. Para já, sublinha, "utilizo barro grés na criação das peças e materiais que encontro pela rua ou em casa para as texturas". Quanto ao packaging, reutiliza caixas que recebe de outras encomendas, assim como folhas de jornais e de revistas, e acrescenta pequenos pedaços de papel de semente em forma de flor. Depois, junta várias encomendas e faz as entregas em mão no mesmo dia. O objetivo é "reduzir um pouco a pegada de carbono", explica.


Percorra a fotogaleria abaixo e conheça algumas das louças da marca:

E-mail: anne.ceramica@gmail.com

Instagram: @anneceramica