• hAll

Costa Toscana já flutua. Assista aqui à cerimónia

O Costa Toscana, o terceiro navio do grupo Costa Cruzeiros movido a gás natural liquefeito (GNL), tocou oficialmente no mar pela primeira vez nesta sexta-feira. A cerimónia de flutuação do navio teve início às 14 horas a partir de Meyer Turku, na Finlândia.


A flutuação terá a duração de cerca de oito horas. Durante a noite, o Costa Tocana - cujo nome é uma homenagem a Toscana - será rebocado para o outlifting, onde será preparado para entrega no final do ano.


Construído no estaleiro Meyer em Turku, o navio irmão do Costa Smeralda entrará em funcionamento em dezembro no Brasil. O cruzeiro inaugural de réveillon partirá de Santos a 26 de dezembro, para um programa de uma semana com visitas a Salvador e Ilhéus, e regresso a Santos a 2 de janeiro de 2022.


Além das mais de 2600 cabines a bordo, as instalações incluem um spa, bares temáticos, 16 restaurantes, um clube de praia e, ainda, o Collosseo, um espaço de espetáculos, distribuído por três decks, Graças à utilização de GNL, será possível eliminar virtualmente as emissões de dióxido de enxofre (zero emissões) e partículas para a atmosfera (redução de 95-100%), enquanto diminui significativamente as emissões de óxidos de nitrogénio (redução direta de 85%) e CO2 (até 20%). A bordo, unidades especiais de dessalinização processarão a água do mar diretamente para responder às necessidades diárias de abastecimento de água, e o consumo de energia será reduzido ao mínimo devido a um sistema inteligente de eficiência energética. Além disso, a

recolha seletiva e a reciclagem a 100% de materiais como plástico, papel, vidro e alumínio, serão realizadas a bordo.


O Costa Toscana faz parte de um plano de expansão que inclui sete novos navios a serem entregues ao grupo Costa até 2023. No total, foram investidos mais de seis mil milhões de euros.


"Apesar do cenário atual, o grupo Costa confirma o seu investimento na expansão da frota. Estamos confiantes na recuperação da nossa indústria e entusiasmados com a chegada de novos navios como o Costa Toscana, que materializa os elementos que pretendemos focar no futuro", afirmou Mario Zanetti, chief commercial officer da Costa Cruzeiros e presidente do Costa Group Asia, durante a cerimónia de flutuação. Sobre o futuro, Zanetii levantou um pouco mais o véu: "Além da tecnologia de GNL, estamos a desenvolver outras soluções inovadoras", como energia costeira e baterias, "à medida que continuamos a trabalhar para alcançar emissões zero ao longo do tempo".


Assista, abaixo, ao início da cerimónia de flutuação do Costa Toscana.


Posts recentes

Ver tudo