• hAll

São Brás do Regedouro: este turismo rural recebe os hóspedes como amigos

No ambiente rural de São Brás do Regedouro nasceu um cantinho sereno, que tem tanto de simples como de mágico. Tem pouco mais de um mês, mas Vítor Ribeiro e os filhos Ricardo, Margarida e Carlos já o imaginavam há muito.


A filha, Margarida, lembra-se bem da sensação que teve quando ali chegou. "Num passeio em família tivemos a oportunidade de visitar a aldeia de São Brás do Regedouro" e, de repente, deram por eles a pensar na forma diferente como o tempo ali corre. Ali, a correria do dia-a-dia da cidade não entra. E eram dela que queriam fugir. "Tínhamos vontade de mudar de estilo de vida", conta a proprietária à hAll. Vai daí e "começámos a pensar que esta nossa ideia podia desenvolver a aldeia não só a nível económico, mas também sócio-cultural", até porque já eram sócios d'A Agudal 3 Lda, empresa envolvida no ramo da construção e da gestão imobiliária.


Quando a família Ribeiro decidiu reabilitar 15 casas de traça tipicamente alentejana, uma coisa era clara para todos: o conforto teria de ser o de um espaço onde se está como se estivesse em casa. Esse é, na visão dos proprietários, o principal elemento diferenciador do São Brás do Regedouro - Turismo na Aldeia. "Os moradores receberam-nos sempre com o coração e braços abertos. Esta hospitalidade e o espírito de comunidade que se sente entre vizinhos de um meio pequeno e familiar está na base do nosso conceito", explica Margarida.


Naquela típica vila alentejana, onde o silêncio só é quebrado pelos barulhos do campo, a família ergueu apartamentos T0, T1 e T2, com áreas entre os 35 metros quadrados (m2) e os 80 m2, decorados com simplicidade. Aproveitando todos os pedaços possíveis de construção antiga, juntaram-lhes peças de artesãos locais. Mas há mais. Há uma piscina, um charmoso forno a lenha, zona de massagens e um museu. Localizado no centro da aldeia, o Cabanas da Memória mantém vivas as tradições populares e histórias tradicionais de São Brás do Regedouro, onde vivem cerca de 75 pessoas. Mas não foi sempre assim. Aquela terra é conhecida por ser uma antiga zona de apoio aos viajantes, no cruzamento natural de caminhos entre o interior e o litoral do Alentejo.


Os 45 hóspedes do hotel, que vêm e vão, têm também à sua disposição uma aplicação móvel que lhes permite fazer a reserva do pequeno-almoço. Como? Não podia ser mais simples: basta escolher os produtos que vai querer e a hora a que pretende que esta refeição lhe seja servida


O hotel é também um convite para novas aventuras. Estão disponíveis workshops de gastronomia, onde se pode aprender a fazer pão alentejano, passeios de bicicleta e de balão, que podem terminar em piqueniques ao pôr-do-sol, desportos aquáticos e experiências requintadas, como uma boa prova de vinhos.


Os preços da estadia variam entre os 95 e os 200 euros (com entrada no museu incluída). No entanto, quem efetuar reservas até 31 de julho, que podem ser usadas até 31 de dezembro, terá 20% de desconto.


No verão de arranque, os proprietários esperam casa cheia. "Ainda não tínhamos aberto e já estávamos a receber contatos de pessoas interessadas em conhecer-nos", adianta Margarida. "A pandemia leva as pessoas a querer (re)descobrir o nosso país e, após longos períodos de isolamento, passar tempo em sítios tão especiais como São Brás do Regedouro, no meio da natureza e em segurança, torna-se quase uma necessidade para repor energias."


Quanto ao futuro, a aldeia ganha uma nova vida, pouco a pouco. Uma das novidades para 2022 será a abertura de um restaurante na aldeia. Mas as surpresas não ficarão por aqui. Os proprietários do espaço pretendem também lançar uma aplicação de gaming, cujo objetivo é ajudar o hóspede a movimentar-se por lugares que merecem visita na aldeia.


Percorra a fotogaleria abaixo para conhecer melhor este novo hotel rural:

Morada: São Brás do Regedouro, 7000-092 Évora

E-mail: geral@regedouro.com

Telefone: (+351) 968 933 156 e (+351) 911 083 639

Website: www.regedouro.com

Instagram: @saobrasdoregedouro

Facebook: @saobrasdoregedouro